Google facilita a ativação do WebGL no Chrome beta para Android

chrome-beta-webgl-quake3

Esta notícia realmente é muito bem-vinda principalmente para desenvolvedores de games em HTML5 e JavaScript. Para quem já tentou rodar ou já fez algum teste com o WebGL no Galaxy, iPad e PlayBook, sabe que infelizmente é muito desanimador.

A razão do bloqueio ao WebGL está relacionada ao fato de que se o navegador der suporte completo a funcionalidades e bibliotecas como o WebGL o desenvolvimento de aplicativos nativos para tais tablets e smartphones pode ficar comprometido.

Imagine, com um navegador que roda games e apps com suporte 100% a todas tecnologias do HTML5, CSS3 e JS qual desenvolvedor não gostaria de criar seus aplicativos e games para uma plataforma (navegador) e rodar em todos os aparelhos? Assim, tecnologias como o WebGL são bastante limitadas em navegadores de dispositivos portáteis, além é claro da limitação do hardware em aparelhos com poder de processamento mais baixo.

Como experiência própria, digo que já realizei testes nos 3 tablets citados acima. O único tablet que conseguiu renderizar o WebGL mesmo que precariamente foi o BlackBerry PlayBook os outros como iPad e Galaxy simplesmente não rodaram. Assim, decidi pesquisar o assunto e descobri que para ter seu game ou app utilizando o WebGL você deveria compilar seu código ou seja, empacotar em um aplicativo para cada plataforma (iOS, Android, BlackBerry), somente assim o WebGL rodaria com todas as suas funcionalidades 100%. Para facilitar o empacotamento o jeito foi utilizar o Phone Gap da Adobe, enfim...

Outro ponto a ser considerado é que esta iniciativa dá a entender que as plataformas móveis estão convergindo cada vez mais em direção aos navegadores (o motivo por trás disso, seria por causa do Firefox OS baseado na Web? :S). Para desenvolvedores focados no iPad esta notícia também é boa, pois o tablet da Apple também roda o Chrome, mesmo que esta novidade se restringe atualmente ao Android mas no futuro quem sabe(?).

A notícia está no site “The Next Web” e transcrevo abaixo a parte principal com alguns comentários extra da minha parte:

Hoje a empresa (Google) finalmente liberou o suporte a ativação de uma maneira fácil do WebGL no Chrome para o Android. Esta iniciativa permite o navegador renderizar gráficos, animações 3D. Antiguamente (ontem), o WebGL para rodar no Android precisava de várias soluções oficiais e não oficiais e que exigia do proprietário do aparelho ter acesso ao root para alterar o sistema. Para quem não sabe o WebGL é uma API poderosa do JavaScript que permite aos navegadores renderizar gráficos 3D sem a necessidade de plug-ins adicionais como, por exemplo, o defunto FLASH. Digo defunto, pois é a realidade, não tenho nada contra até programo em AS3, mas temos que encarar a realidade.

Bom com a inciativa do Google o Chrome poderá renderizar gráficos complexos sem a necessidade de modificar ou alterar o sistema do Android. Para ativar o suporte ao WebGL tudo o que você precisa fazer é baixar a última versão Beta do Google Chrome a partir da Google Play. Assim que o navegador estiver instalado no seu aparelho você digita o seguite na barra de endereços: “chrome://flags/” (sem aspas) vá até a opção Enable WebGL (Ativar WebGL) e reinicie o nevegador, pronto! Somente isso! Para fazer um teste para verificar se o WebGL foi ativado clique aqui. E aqui você pode conferir a versão demo Quake 3D :D.

chrome-beta-webgl
  • Marcos Bitetti

    Vlw a dica.
    Mas eu concordo q para mobile WebGL deve ser desativada por padrão.
    É diferente quando o usuário abre um aplicativo que ele sabe que tem 3D ou gráficos realistas de quando ele abre uma página esperando ler algo e é presenteado com uma loucura visual do autor da página que na prática vai ESGOTAR a bateria do aparelho de forma rápida e proporcionar travamentos.

  • Como é algo que ainda está em fase de testes eu concordo plenamente com você. Mas em futuras versões com melhorias etc, talvez possa vir já habilitado como padrão.